CategoriaCrie

Depois de passar dias pesquisando, refletindo e planejando, é chegada a hora de sentar para escrever. Essa é uma das fases mais prazerosas do projeto e, para muitos, o objetivo de todo o trabalho. Sua missão a partir de agora é aproveitar cada instante disponivel para deixar a sua criatividade fluir.

Criar depende de dois fatores básicos: permissão e concentração. Todo o resto (estilo, coesão, qualidade, aceitação, inspiração) é acessório e deve ser deixado de lado no momento da criação. Concentre-se apenas em transformar suas ideias em um texto com início, meio e fim. 

No entanto, para que isso aconteça, você terá que trabalhar os dois fatores básicos que mencionei.

Primeiro, você terá que se permitir escrever. Pode soar infantil ou até simplista, mas não se engane: escrever vai muito além de mera inspiração ou vontade. Escrever é um compromisso que você faz consigo mesmo, o compromisso de comparecer com frequência (todos os dias, talvez), de sentar-se e continuar escrevendo, aconteça o que acontecer. De reservar um tempo razoável do seu dia para colocar palavras no papel, uma atrás da outra, até que elas se tornem um texto. De abrir mão de algumas atividades e da convivência com pessoas para passar um tempo sozinho com suas ideias.

Segundo, você terá que se concentrar. Sem foco, não há projeto que nasça. Foco é o coração de qualquer processo criativo, o objetivo imediato de qualquer pessoa que se dispõe a realizar uma atividade contínua. Para atingir o estado de flow, é preciso ir além do óbvio (afastar-se das distrações); você precisa descobrir como e quando você se concentra – e as opções são infinitas. 

A única forma de descobrir o que funciona melhor para você é testando. Portanto, primeiro crie, crie muito, crie como exercício. Lembre-se que o aprendizado está na caminhada, não na conclusão.

Como escrever um poema em vinte pequenos projetos poéticos – um exercício

C

Ao ver minha caixa de e-mails cheia, decidi fazer uma pequena faxina. Dentre as muitas newsletters literárias que assino, abri a da universidade canadense Simon Fraser University (SFU) – um dos meus sonhos é fazer o curso à distância de escrita criativa ofertado pela instituição. Logo que abri a newsletter, descobri que abril é o mês da poesia. Entre dicas, entrevistas e cursos ofertados...

3 exercícios rápidos de escrita para fazer hoje mesmo

3

Dentre minhas buscas como escritora está descobrir como me relacionar melhor com a escrita e com o desejo de contar histórias. Ao imaginar frases, parágrafos, narrativas e cenas, tudo parece funcionar dentro da minha cabeça; mas como transmitir as ideias para o papel? Muitas vezes a resposta vai além de técnicas e estudo. Estar motivado e habituado a escrever nem sempre significa cinco mil...

Quem escreve sobre escrita

Mylle Silva

É escritora, roteirista de histórias em quadrinhos e instrutora de escrita criativa. Formada em Comunicação Social, ministra oficinas e ajuda pessoas a transformar ideias em histórias e sonhos em projetos.

Artigos